·        Peixes Azuis: Peixes de águas frias, como o salmão, fornecem ômega-3, um potente anti-inflamatório que diminui as dores nas articulações. O recomendado é consumir, pelo menos, 2 vezes por semana. Também é possível encontrar ômega 3 em frutos secos (especialmente as nozes) e sementes (linhaça, por exemplo).

·        Alimentos ricos em vitamina C: A vitamina C, presente em laranjas, morangos, kiwis, brócolis, etc., auxilia na formação e estabilização do colágeno, permitindo que as fibras ganhem estabilidade e resistência, principalmente nas articulações, nos tendões e ligamentos, onde essa proteína se encontra em maior quantidade. O consumo de alimentos que contenham vitamina C deve ser diário, portanto, pelo menos uma das suas refeições deverá conter verduras cruas e/ou frutas.

·        Iogurte: Iogurte e leites fermentados são compostos por bactérias do bem (lactobacilos) que podem beneficiar as juntas, ajudando a amenizar o inchaço e a sensibilidade das articulações.

·        Cúrcuma: Também conhecido como açafrão da terra, o cúrcuma é um tempero com um poder antioxidante e anti-inflamatório altíssimo que ajuda a evitar dores nas articulações.

·        Proteínas magras: As proteínas são importantes para a construção de um tecido conjuntivo saudável e fortalecimento dos músculos que, por sua vez, oferecem suporte às articulações. Para isso, você pode incluir na sua alimentação: feijão, ovo, aves, peixe, frango, queijo cottage, carne vermelha magra, iogurtes magros e tofu.

0 comentários

Responder