Uma alimentação rica e balanceada é essencial para uma vida mais saudável, não só para quem pratica esportes.Porém, para quem possui em sua rotina a prática de exercícios físicos, saber adequar a alimentação significa melhorar o rendimento, a eficácia e os resultados, conforme seus objetivos.

Podemos dizer que, para quem deseja emagrecer, a alimentação é responsável por cerca de 70% dos resultados. Além disso, uma dieta balanceada fornece energia, aumenta a disposição, o desempenho, a imunidade, o funcionamento do intestino, e por consequência, o aproveitamento do exercício físico. A alimentação também pode andar lado a lado com o plano de exercícios para potencializar os resultados desejados, mas para isso ela precisa ser estudada e individualizada. Atletas de qualquer esporte consomem muita energia e, por isso, precisam estar bem treinados e alimentados.

As necessidades alimentares são individuais e podem variar conforme sexo, idade, estatura, patologias, modalidade esportiva, e fase do treinamento, por isso, é importante consultar um nutricionista para garantir uma alimentação balanceada, rica em carboidratos, proteínas e todos os nutrientes para abastecer o corpo. Mesmo se a intenção é emagrecer, as dietas severas e restritivas podem ser grandes vilãs quando combinadas aos exercícios físicos, já que reduzem o “combustível” para o funcionamento do corpo.

A alimentação deve se basear na ingestão de vários grupos alimentares, dando preferência aos legumes quase crus e com casca. Quanto maior a variedade de vegetais e mais cores no prato, mais saudável é a refeição. Hoje, há consenso de que a ingestão de cinco porções de frutas, verduras e legumes podem garantir uma vida saudável.

Além disso, se alimentar a cada 3 horas auxilia para o aumento do metabolismo, evita ataques de fome, além de melhorar a absorção dos nutrientes e diminuir o armazenamento de gordura. Mas é claro, as refeições intermediárias ao almoço e jantar devem ser leves e em pequenas porções.

O modo de preparo dos alimentos também pode ser decisivo. Evitar frituras, dando preferencia aos assados, cozidos e grelhados, utilizando sempre uma pequena quantidade de gorduras.

Para quem pratica exercícios físicos também é importante estar atento ao que vai ser ingerido antes do treino e depois. É sempre recomendado que antes do treino, sejam consumidos alimentos que previnam a fadiga e melhorem o desempenho, portanto, alimentos que sejam fontes de carboidratos. Já para o pós treino é importante que se pense na recuperação muscular e, para isso, é indicado, em termos gerais, o consumo de proteínas.

Não menos importante que tudo isso está a ingestão de água. Hidratar sempre o organismo, mesmo antes, durante e depois da prática esportiva, faz com que o corpo reponha a perda de líquidos e minerais liberados através do suor, além de regular a temperatura corporal.

infografico6a

You might also like

Zinco para o tratamento da artrose
Read more
Pesquisa comprova cientificamente que correr deixa as pessoas mais felizes
Read more
Dicas para ter uma boa postura corporal em home office
Read more
Crioterapia para dor muscular após treino
Read more
6 mitos que prejudicam a alimentação saudável
Read more

0 comentários

Responder