A aplicação de água fria na musculatura após os treinos é uma prática bastante comum dentre esportistas. Porém, ela nem sempre é indicada, podendo atrapalhar no desempenho do atleta.

Segundo estudos internacionais, a principal aplicação da crioterapia é para que a “dor do dia seguinte” seja reduzida após treinos com atividades contínuas ou de longa duração. Em casos como esse o aumento da recuperação muscular é amplamente comprovada.

Isso não ocorre em casos onde outras atividades são feitas após a aplicação da água fria. Nesses casos o resultado da atividade seguinte é bastante inferior, pois a menor temperatura causa vasoconstrição, reduzindo a irrigação sanguínea local, e diminui o metabolismo muscular.

 

You might also like

Uso de suplementos de colágeno para praticantes de esportes
Read more
15 milhões de brasileiros sofrem de artrose
Read more
Pesquisa comprova cientificamente que correr deixa as pessoas mais felizes
Read more
Biomecânica: saiba mais sobre os movimentos nos exercícios
Read more
Treinar no inverno faz algum mal?
Read more

0 comentários

Responder