Uma lesão bastante comum atrás do joelho é devida ao rompimento do menisco, na cartilagem macia do joelho com formato em “C”, que amortece a região entre a tíbia e o fêmur. Segundo o hospital Albert Einstein, somente no Brasil são mais de 2 milhões de casos por ano.

O rompimento do menisco acontece durante uma rotação ou torção violenta do joelho, e pode causar dores intensas, inchaço e rigidez na região afetada. Em atletas, frequentemente ele ocorre de forma simultânea a outras lesões, como a ruptura do ligamento cruzado anterior.

Pessoas mais idosas tem mais chance de sofrer o rompimento do menisco, devido ao seu desgaste natural, pois a cartilagem fica mais fina com o tempo e propensa a rupturas. Se esse rompimento não for tratado, pedaços da articulação podem se soltar e se deslocar na região do joelho, vindo a piorar o quadro e até mesmo travar o joelho.

 

0 comentários

Responder