Se o mês de Outubro é rosa, dedicada ao câncer de mama nas mulheres, Novembro é azul para alertar aos homens sobre os riscos do câncer de próstata e da necessidade das medidas de prevenção e avaliação periódica junto ao médico.

A campanha Novembro azul tem o objetivo de levar ao público masculino informações sobre diagnóstico, tratamento e cuidados necessários sobre saúde masculina e o câncer de próstata e, principalmente, quebrar o preconceito que muitos homens têm em relação ao exame de toque. Isso porque o diagnóstico precoce da doença aumenta a chance de um prognóstico positivo.

Mas, mais importante do que tratar é prevenir. E nessa hora, os exercícios físicos são essenciais para manutenção da saúde, juntamente com outros hábitos saudáveis, como alimentação e sono regular.

As pessoas que se mantém ativas tem um prognóstico promissor de reabilitação do câncer devido ao exercício ter um efeito anti-inflamatório, atuando de forma intervencionista no tratamento como uma medicação.

Vários estudos indicam que a atividade física atua indiretamente na prevenção da neoplasia à medida que promove a redução de peso. Além disso o desarranjo hormonal provocado pela obesidade aumenta a progressão do câncer. Dentre essas alterações hormonais, a insulina, testosterona, estrógenos e adiponectina sofrem oscilações e elevam os níveis de morbidade e mortalidade pelo câncer.

Os exercícios também desestimulam vícios como tabagismo e etilismo; melhoram o comportamento psicoemocional por meio de liberação das endorfinas; diminuem processos de inflamação celular; e estimulam os processos de reparação celular e a função imunológica.

Porém, antes de praticar exercícios, sempre consulte um médico.

0 comentários

Responder