Que fazer exercícios físicos é fundamental para uma saúde física e mental, todo mundo já sabe, não é mesmo?
Mas, nós também já aprendemos que tudo em excesso faz mal, e com os exercícios físicos isso não é diferente. A prática exagerada pode causar sérios prejuízos para a saúde, principalmente quando fazemos dentro de casa e sem acompanhamento de um profissional.

O Brasil é o país mais ansioso do mundo, você sabia? Agora some isso à pandemia e você terá milhares de brasileiros sedentos por aliviar essa ansiedade na prática de atividades, que consequentemente irão gerar diversos tipos de lesões musculares e de articulações, como, por exemplo, dores no joelho, na perna, nos quadris e na região lombar, por não realizarem os movimentos da maneira correta ou mais vezes do que o necessário.

Os tipos mais comuns de lesão são as traumáticas, que acontecem com tipo de acidente, como torções, quedas ou pancadas e as por sobrecarga, quando os exercícios envolvem o uso de carga, geralmente com halteres e aparelhos de hipertrofia e que quando realizados da maneira errada, podem ocasionar lesões.

Para prevenir as lesões é muito importante que você faça uma avaliação médica e elabore junto a um preparador físico um plano de treino personalizado para você. Cada corpo tem um limite, por isso, o plano de um pode não ser bom para o outro. Fazer aquecimentos e alongamentos também são fundamentais para prevenir lesões.

Alguns sintomas que podem estar relacionados com excesso de exercícios são:
Tremores e movimentos involuntários nos músculos;
Cansaço extremo;
Perda de fôlego durante o treino;
Dores musculares fortes, que só melhoram com o uso de medicamentos;
Aumento da frequência cardíaca mesmo durante o descanso;
Irritabilidade e insônia;
Enfraquecimento do sistema imunológico.

Caso você tenha sofrido alguma lesão, o ideal é que você procure um médico para receber o tratamento correto para o seu tipo de problema e garantir uma completa recuperação.

Mas, momentaneamente, para aliviar a dor e reduzir o inchaço, você pode aplicar uma bolsa de gelo sobre o local por aproximadamente 20 minutos, realizar repouso e não forçar nenhum movimento.

Suplementos pode ajudar
Algumas vitaminas são essenciais para um bom funcionamento do nosso organismo. Logo, a falta delas também pode acarretar em uma série de problemas ósseos e musculares.

Cálcio, ômega 3, vitamina D, condroitina e polivitamínicos, não são apenas coadjuvantes, muito pelo contrário, previnem osteoporose, evitam a formação de coágulos no sangue, auxiliam nas funções cerebrais, na contração muscular, na produção de energia e otimizam a distribuição do cálcio no organismo.

No entanto, para ter certeza de qual suplemento tomar e as quantidades necessárias, é preciso que seja feita uma avaliação por meio de exames específicos e acompanhamento do seu médico de confiança.

Bora treinar?

0 comentários

Responder