A lesão condral nada mais é do que uma lesão na cartilagem articular, um tecido especializado e delicado dos joelhos. A cartilagem é formada por diversos tipos de células dispostas em várias camadas de revestimento das porções ósseas que estão em contato entre si formando as juntas e, desta forma, permitindo que a articulação trabalhe sem causar um desgaste desnecessário em suas delicadas superfícies.

As lesões podem ocorrer por mecanismos traumáticos ou não traumáticos (entorses, por exemplo), muitas vezes com sérias consequências.

Para o tratamento existem opções cirúrgicas, com a técnica de microfraturas, na qual o leito da lesão é perfurado com o intuito de se promover um aumento do aporte de sangue para o local e sua consequente cicatrização, como pelo enxerto de cartilagem. Porém, são indicadas apenas em alguns casos com resultados ainda muito variáveis, já que estas técnicas são relativamente recentes.

Para prevenir, vale fazer a administração dos condroprotetores (sulfatos de glicosamina e condroitina) e em outras formas indiretas de proteção da cartilagem, como treinamento de resistência muscular e/ou treinamento funcional. Para ter certeza do que é indicado no seu caso, consulte um médico.

You might also like

Treinar no inverno faz algum mal?
Read more
15 milhões de brasileiros sofrem de artrose
Read more
MR – 10 alongamentos para fazer no escritório
Read more
6 exercícios para fortalecer o joelho
Read more
Dor no ombro: saiba como tratar
Read more

0 comentários

Responder