Treinos ou competições de longa duração são caracterizados por atividades físicas intensas que se prolongam por mais de uma hora. Nessas situações, nosso corpo precisa da reposição de diversos nutrientes, como carboidratos, eletrólitos, proteínas e, principalmente, de água. Muitas vezes, a preparação para essas atividades ocorre previamente, até mesmo de 24 a 48 horas antes do seu início. Nesse período, o atleta se hidrata, estoca carboidratos na musculatura e evita qualquer tipo de contaminação alimentar.

Existem diferentes formas de se fazer a reposição nutricional durante as atividades físicas, e as pesquisas na área não apontam para uma resposta única. O ponto onde os pesquisadores convergem é quanto à proporção e à frequência com que a reposição é feita. Atletas profissionais de algumas modalidades, como ultramaratonas, usam até mesmo relógios com o propósito de avisá-los quando devem se alimentar.

A escolha da forma da reposição varia de acordo com a modalidade do esporte, e leva em conta a praticidade, eficiência e custo. Frutas, barrinhas, cápsulas, entre outros. Avalie junto a um especialista o que atende melhor à sua necessidade.

0 comentários

Responder