Entenda porque ela ocorre e saiba como diagnosticar.

A corrida pode adicionar muitos benefícios à saúde geral além de ser ótimo para o coração, fortalece os ossos e tonifica os músculos. No entanto, correr muito pode causar uma grande quantidade de danos ao corpo e as lesões pélvicas são um exemplo.

Esse tipo de lesão é mais comumente encontrada em mulheres do que em homens, isso porque muitas seguem uma dieta restritiva que pode impedi-las de menstruar, diminuindo o estrogênio no organismo, o que enfraquece os ossos, favorecendo o maior número estatístico de mulheres com esse tipo de lesão.

Lesão de pelve de corredores é a lesão sentida na região pélvica que vem de corrida excessiva( sobrecarga), afeta os corredores que correm em terrenos difíceis ou irregulares e para os indivíduos que correm com alterações biomecânicas.

A melhor maneira de determinar se você desenvolveu alguma forma de lesão pélvica é falar com um médico especialista em esportes. Existem tratamentos que podem ajudar a alinhar o quadril, fortalecer e reequilibrar. Para a maioria das fraturas na pelve, o melhor tratamento é simplesmente descansar e estimular a consolidação. No entanto, existem algumas lesões que são tão graves que exigem muletas, semanas de descanso extremo e, em alguns casos, a cirurgia é necessária devido à gravidade da lesão ou eventual desvio.

You might also like

Esteira: dicas para se divertir durante o exercício
Read more
Crioterapia para dor muscular após treino
Read more
Hidroterapia para tratamento de fraturas
Read more
Compressa Fria ou Quente?
Read more
Aplicativos para quem pratica esportes e atividades físicas
Read more

0 comentários

Responder