Sabe aquela sensação de acordar, e dar uma espreguiçada gostosa, com os braços acima da cabeça? Aquela é a sensação do alongamento da espinha, que traz diversos benefícios ao nosso corpo após uma noite em que passamos praticamente imóveis. Ela aumenta a flexibilidade da musculatura do torso como um todo, ativando a circulação local e induzindo o relaxamento da região. É algo que podemos fazer com frequência também em nosso trabalho, onde passamos horas e horas sentados em posições inertes, muitas vezes com posturas ruins que desgastam e até mesmo lesionam nosso corpo.

Para fazer o alongamento da espinha de forma completa, siga os seguintes passos:

1 – Sente em uma cadeira com a coluna reta, e as mãos cruzadas acima da cabeça, com as palmas voltadas para o teto.

2 – Estique os braços, mantendo os ombros relaxados, e incline o torso para o lado direito (procure manter o peso do corpo sobre ambas pernas e glúteos, sem descarregar tudo em apenas um lado). Você irá sentir o alongamento na lateral esquerda do corpo.

3 – Mantenha a posição de alongamento por 30 segundos, e retorne lentamente à posição inicial. Repita o movimento agora para o outro lado.

You might also like

Série “Alongamentos” – Isquiotibiais
Read more
Exercícios que ajudam na flexibilidade
Read more
Série “Alongamentos” – “Postura da cobra”
Read more
Entendendo a osteoartrite
Read more
15 milhões de brasileiros sofrem de artrose
Read more

0 comentários

Responder