São duas as principais formas de sobrecarga que podem ocasionar lesões nos joelhos ao longo do tempo.

A primeira delas é o carregamento excessivo na região, através de grandes pesos sobre a articulação, ou através de picos de esforços que geram impactos. A segunda é a fadiga por conta de atividades repetitivas, que levam ao desgaste da articulação e consequentes lesões.

Na musculação, podemos encontrar todas essas formas de sobrecarga. Os pesos excessivos podem aparecer durante o uso de equipamentos, ou mesmo durante exercícios que ativam os joelhos (como agachamentos). Evite começar uma atividade nova com uma carga já elevada desde o início. Comece leve e vá aumentando gradativamente conforme sua musculatura se adapta e se fortalece.

Os picos de esforços podem surgir em aulas na academia com movimentos mais bruscos, com torções ou acelerações, como squash, artes marciais, basquete e similares. Da mesma forma, comece devagar com esses tipos de atividade. Sinta a resposta do seu corpo e vá aumentando gradativamente, conforme torna-se mais forte e confiante.

A fadiga muitas vezes é inevitável. Corridas prolongadas e frequentes podem causar o desgaste precoce das articulações do joelho e do quadril. Uma alimentação correta, ou suplementação de proteínas como o colágeno, também auxiliam na manutenção das características mecânicas da articulação do joelho, protegendo-o. Os treinos na academia tem muito mais resultados quando associados ao equilíbrio nutricional.

Caso tenha dores nas articulações, procure um aconselhamento médico, e conheça sempre seus limites, desafiando-os com saúde e acompanhamento.

You might also like

Dores no joelho? Você pode estar com Condropatia!
Read more
Colágeno tipo I e II: Qual o indicado para as articulações?
Read more
5 principais e mais comuns lesões do joelho
Read more
Como amenizar a canelite?
Read more

0 comentários

Responder