Procedimento recente no mercado farmacêuticoA medicina tem feito grandes avanços na compreensão da biologia e da cicatrização do tecido cartilaginoso. Junto a isso, vem surgindo um grande arsenal terapêutico, envolvendo desde a fisioterapia e fortalecimento muscular, infiltrações e procedimentos cirúrgicos para o tratamento das lesões cartilaginosas e da artrose do joelho.

A suplementação alimentar com medicamentos tem a função de auxiliar na regeneração cartilaginosa e é algo recente no mercado farmacêutico. Tratam-se de produtos com poucas contraindicações e efeitos colaterais e, portanto, tem alcançado um grande público.

O colágeno hidrolisado, assim como sulfatos de glucosamina e condroitina, utilizados separadamente ou em conjunto, estão entre os suplementos mais populares. Eles são amino-açúcares produzidos naturalmente no corpo, e a sua produção diminui com o envelhecimento (quando as pessoas mais precisam). Sua suplementação desempenharia um papel importante na formação, manutenção e reparação de cartilagem e outros tecidos do corpo.

A revista American Family Physician publicou recentemente um artigo sobre o uso de suplementos alimentares na osteoartrite. E os resultados, ao basear-se em estudos de seguimento a longo prazo, mostraram uma redução modesta de sintomas da osteoartrite, possivelmente, retardando a progressão da doença. Porém as evidencias cientificas ainda são recentes e o tema tem sido alvo de inúmeras pesquisas.

You might also like

15 milhões de brasileiros sofrem de artrose
Read more
O que fazer quando não se tem mais cartilagem no joelho?
Read more
Esportes para praticar na praia
Read more
Uso de ácido hialurônico na recuperação de condromalacia patelar
Read more
Mitos x Verdades sobre suplementos
Read more

0 comentários

Responder